Programa Negócio a Negócio será ampliado na região Oeste da Bahia

Cinco novos municípios passam a receber atendimento com foco na gestão empresarial


Para que as empresas da região Oeste da Bahia tenham mais possibilidades de se tornar competitivas com a prática de uma gestão eficiente, o Sebrae oferece o programa Negócio a Negócio. A solução dá a oportunidade de o empreendedor aperfeiçoar o negócio na área em que tem mais dificuldade de atuação no dia a dia. A orientação é destinada para várias áreas, a exemplo de finanças, mercado, planejamento, organização, marketing e vendas.

A novidade do Negócio a Negócio para o Oeste da Bahia, é que o programa será ampliado para novos municípios. Neste mês de agosto, cinco novos agentes vão passar a atuar na região e donos de microempresas e empreendedores individuais de Bom Jesus da Lapa, Correntina, Santa Maria da Vitória, Ibotirama e Formosa do Rio Preto, terão a oportunidade de gerir os seus negócios de forma mais eficiente, tendo em vista a chegada de bons resultados.

A expectativa do Sebrae é atender 2.500 empresas nesses municípios. A microempresária, Tânia Toyoshima Lopes, dona da loja Ki Festiva, trabalha com eventos infantis e é atendida pelo programa desde 2019. Segundo a empresária, o resultado da orientação foi bom e ela decidiu continuar com o atendimento.

“Eu era muito desorganizada e com a consultoria melhorei a gestão da minha empresa em 70%. O atendimento melhorou e a aplicação das dicas de marketing deu uma levantada nas vendas e passei a atender públicos de diferentes classes sociais. A nossa aceitação no mercado aumentou e, hoje, as pessoas procuram bem mais a nossa loja para a realização de eventos”, comentou.

De acordo com o analista do Sebrae em Barreiras, Evilásio Moreira, o objetivo é mostrar ao empresário que ele tem possibilidade de aperfeiçoar as diversas áreas do negócio. “Nós percebemos que muitos empresários estão dispersos para essa possibilidade, mas, a partir da consultoria, eles conseguem perceber o Sebrae como parceiro e diante dos novos desafios que vão tendo dentro do negócio, passam a nos buscar. Nós temos empresários que demandam consultorias na área de inovação e em outras áreas, com isso, vamos percebendo a evolução do negócio”, explica.

Na região Oeste, as cidades de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães já contam com orientação empresarial do programa. A meta para 2021 é atender 850 empresas somente nos dois municípios. Desde o mês de março, dois agentes saem ao encontro de empreendedores no intuito de contribuir com o crescimento dos pequenos negócios. Durante a visita, os profissionais fazem um diagnóstico para identificar qual área precisa ser trabalhada na empresa e monta um plano de ação, aplicando as intervenções necessárias.


Compartilhe:

Comentários: