Santa Rita de Cássia recebe a visita do Governador Rui Costa  

Educação, segurança, infraestrutura e abastecimento de água são reforçados em Santa Rita de Cássia


Jayme Modesto R-ABJ 3560

O prefeito de Santa Rita de Cássia, Zezo Aragão, acompanhado do vice-prefeito Vilmedice Brandão, secretários municipais e vereadores, recepcionaram nesta quarta-feira (18) em Santa Rita de Cássia o governador do Estado, Rui Costa e sua comitiva.

“É muito gratificante visitar Santa Rita de Cássia aqui no Oeste, para autorizar importantes investimentos em obras de cunho social”, disse Rui Costa.

Foram três dias consecutivos que o governador esteve na região Oeste inaugurando e autorizando ações do Governo do Estado.  Em Santa Rita, Rui autorizou as licitações para a construção de uma nova escola estadual, de um Complexo Integrado de Segurança Pública que reúne uma nova delegacia e uma nova sede para o 3º Pelotão da Polícia Militar do município, e de um novo Sistema Simplificado de Abastecimento de Água. Rui também autorizou a licitação das obras de recuperação do Aeroporto local.

A nova unidade escolar que será licitada em Santa Rita de Cássia unificará as escolas Deputado Horácio de Matos, Governador Luiz Viana Filho e o Centro Estadual de Educação Profissional (Cetep) e vai receber recurso de cerca de R$ 18 milhões. A nova escola contará com 36 salas de aula, laboratórios, biblioteca, quadra coberta, campo society, refeitório e auditório. “Nós estamos fazendo um investimento grande, cerca de R$ 1 bilhão este ano em educação, na construção, na recuperação de escolas e na construção de equipamentos esportivos. A construção desta escola em Santa Rita de Cássia faz parte desse investimento, para que os alunos tenham auditório, teatro e ensino profissionalizante. Então, eu quero pedir a todas as famílias, que se envolvam na educação dos seus filhos e dos seus netos, para melhorarmos a educação em toda a Bahia”, afirmou Rui.

O novo Sistema de Abastecimento de Água representa um investimento de cerca de R$ 1,7 milhão e vai atender às localidades de Tanque de Cima, Saquinho, Lagoa dos Ferrões, Engenho Velho, Engenho e Caraíbas de Melo. “Nós autorizamos aqui quase R$ 2 milhões para levar água potável para a população de várias comunidades”. A implantação de sistemas de abastecimento de água pode ser feita diretamente pela Cerb, ou pode ser feita através de convênio com a prefeitura.

No novo aeroporto, serão investidos R$ 428.317,82. O governador falou sobre a importância do equipamento. “Com um novo aeroporto, podemos tirar pessoas que precisam de atendimento médico, podemos salvar vidas humanas rapidamente, pode ser um pai, uma mãe, uma pessoa precisando de atendimento urgente”.

O novo Complexo Integrado de Segurança Pública, que reúne uma nova delegacia e a nova sede do 3º Pelotão da Polícia Militar da Bahia em Santa Rita de Cássia, devem receber recursos da ordem de R$ 2,3 milhões. O complexo será construído em um terreno doado pela prefeitura. “Uma nova delegacia e uma nova sede para a equipe da PM, isso significa não só um espaço adequado para melhorar a qualidade de vida dos nossos policiais, mas também para melhorar a recepção da população, quando precisar procurar a Polícia”, afirmou o governador.

“Essas obras são um acontecimento ímpar, que alegram o coração de qualquer gestor que queira o bem da sua cidade. O valor dessas obras é maior que a arrecadação do município no meu mandato. Se não tivesse ação do Governo do Estado essas obras certamente não seriam feitas, seriam só um sonho do povo, mas com a assinatura do governador elas já são um projeto real”, acrescentou o prefeito de Santa Rita de Cássia, Zezo Aragão.

A equipe do Jornal Gazeta do Oeste esteve presente em Santa Rita de Cássia, em entrevista exclusiva o prefeito Zezo Aragão falou dos primeiros sete meses de sua gestão e da importante visita do governador Rui Costa ao município.

Prefeito Zezo Aragão

Gazeta do Oeste – Após sete meses já é possível afirmar que a casa está em ordem?

Zezo – Sete meses de governo e recebendo uma administração que vem da oposição é muito complicado, encontramos problemas que precisavam ser resolvidos emergencialmente, como folhas de pagamentos atrasados, consignados, e você precisa reorganizar a casa para poder encaminhar suas ações pretendidas.

Nesses sete meses que estamos à frente do executivo, procuramos sanar esses problemas  todos e preparar o município para receber as emendas parlamentares, considerando que o município não tem receita própria, nem uma agricultura pujante que nos trazem receitas e outras fontes, o que é também o reflexo da desorganização da gestão anterior, o primeiro passo foi preparar o município para podermos deslanchar. Santa Rita hoje está apta a receber recursos de qualquer emenda parlamentar, já temos ai algumas bastante significativas destinada ao município, só não foram liberadas em decorrência do atraso na votação do orçamento federal.

 Esperamos que a partir de setembro nós venhamos a alavancar, vamos soltar um pacote grande de ações, Santa Rita com certeza trilhará por um caminho bem melhor, e vamos amenizar o sofrimento do nosso povo.

Gazeta do Oeste – Qual a importância da visita do governador Rui Costa a Santa Rita?

Zezo – A vinda de um governador em Santa Rita de Cássia é um momento louvável, e são poucas as oportunidades que isso aconteceu, eu hoje estava refletindo, e vi que nos tivemos a vinda de governadores para inaugurações de obras ou para lançar pedra fundamental de obras, na era de 90, o Governador Nilo Coelho que veio aqui inaugurar uma ponte e depois Paulo Souto que veio inaugurar estrada de Santa Rita ao Entroncamento e agora temos a vinda do governador Rui Costa que realmente veio com o coração aberto e lançará no mínimo cinco obras importantíssimas para nosso  município. Afirmo sem medo de errar, se em minha gestão só acontecesse essas cinco obra já me sentiria realizado, porque foram obras que nosso povo cobra a anos.

Recuperação e ampliação do Aeroporto, a construção de uma escola Modelo com toda estrutura que será um complexo educacional bastante significativo. Também a construção de um Complexo Policial e estamos também reivindicando a conclusão do asfalto que liga Mansidão a Santa Rita, uma obra muito importante para toda região, são 62 quilômetros. Vamos também reivindicar a iluminação pública da entrada da cidade. E vou ainda acrescentar no meu pedido a ele, extensão da UNEB para Santa Rita, concluiu Zezo.


Compartilhe:

Comentários: