Trabalhadores da Embasa doam sangue em homenagem aos 50 anos da empresa

 

Em homenagem aos 50 anos da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), os trabalhadores se mobilizaram para ajudar o próximo. Na última sexta-feira (21), cerca de 30 funcionários participaram da campanha de doação de sangue para apoiar o aumento do estoque da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). Único centro de doação de sangue no Oeste da Bahia, o Hemoba disponibiliza cerca 500 bolsas de sangue mensais, que são disponibilizadas para transfusões em hospitais em toda a região. A unidade vem recebendo os doadores com horário agendado e cumprindo as medidas sanitárias para a prevenção ao contágio da Covid-19.

A mobilização da Embasa possibilitou que a assistente administrativa, Adriana Dourado, doasse sangue pela primeira vez. “Há muito tempo, sempre tive abaixo do peso, e não podia doar. Depois com o trabalho, os filhos, o dia a dia, acaba afastando a gente deste tipo de ação”. Embora seja doadora frequente, a colaboradora Tatiane Oliveira, acredita que a mobilização facilita e desperta a participar da ação. “Muitos colegas nunca pensaram em doar ou tem tempo que não fazem, e acabam aproveitando um ambiente propício que incentiva a solidariedade”, afirma.

 

Para a assistente social do Hemoba, Ábia Brandão Ferreira, este apoio de empresas do poder público e de iniciativa privada tem sido fundamental para garantir os estoques para atender toda a região, principalmente durante a pandemia da Covid-19. “Com estas iniciativas, muitas pessoas passam a salvar vidas, e o nosso compromisso é fidelizar estes doadores para as próximas campanhas”. Para o gerente regional de suporte à gestão da Embasa, Flávio Pimentel, os funcionários do polo estão de parabéns pela demonstração de solidariedade ao abraçar a campanha de aniversário da Embasa. “É também um momento de integração em que apoiamos os nossos profissionais a exercitarem este ato que ajuda a salvar vidas”, afirma.

Assessoria de Comunicação da Embasa

Unidade Regional de Barreiras (UNB)


Compartilhe:

Comentários: