Tribuna Popular: Reitora da Uneb, Prof.ª Dra. Adriana Marmori, discursa na Câmara de Barreiras

A convidada  falou sobre o protagonismo das mulheres na contemporaneidade e sobre as perspectivas e desafios do novo reitorado da UNEB.


 

Reitora da UNEB, Adriana Marmori.

Ivana Dias

Na semana de homenagens às mulheres, a reitora da UNEB Prof.ª Dra. Adriana Marmori participou da Tribuna Popular na Câmara de Vereadores de Barreiras na quarta-feira (09), para falar sobre o protagonismo das mulheres na contemporaneidade e, sobre as perspectivas e desafios do novo reitorado da UNEB.

A convite do presidente da Casa, Otoniel Teixeira, a reitora iniciou o seu discurso agradecendo e destacando o orgulho de suas raízes. “É sempre muito bom está nesse lugar! Já passei por aqui várias vezes, já me posicionei, já fui agraciada e vocês nem imaginam o quanto estou feliz ao me colocar aqui na Tribuna Popular da Câmara Municipal de Barreiras! Desse lugar, vislumbro toda a minha trajetória, todos os caminhos trilhados, pessoas e lugares. Sou desta terra! Sou da Bacia do Rio Grande! Sou do Oeste Baiano!”.

Ao falar sobre o protagonismo das mulheres na contemporaneidade, a Prof.ª Dra.Adriana Marmori pontuou os fatos que marcaram a construção social da história na luta coletiva por direitos, respeito e ocupação de espaços anteriormente ocupados apenas por homens, assim como a vulnerabilidade da mulher nesse processo. “O fato de ser mulher já trás em si enraizado toda uma construção social que nos colocou ao longo de muitos anos da história não só brasileira, mas mundial, no lugar da submissão, da invisibilidade, de subalterno, sempre no lugar de doméstica, no lugar do silêncio e só a partir de muita luta coletiva por direitos e respeito, por ocupação do trabalho em todas as áreas do conhecimento como também por ocupação dos espaços de poder e de decisão é que esse cenário foi se redesenhando ao longo da história”.

Destacou ainda índices referentes à ocupação da mulher no mercado de trabalho no período pandêmico. “A força de trabalho feminina foi acentuada negativamente no processo durante a pandemia. Contávamos com um milhão cento e seis mulheres a menos do que no mesmo semestre de 2019 e passamos de quarenta e sete milhões quinhentas e quatro mil, para quarenta e seis milhões, ou seja, isso evidencia uma perversa exclusão de mulheres do mercado de trabalho, por ocasião da pandemia. Entre as mulheres negras esses dados são mais assustadores, um milhão duzentas e onze mil negras, o que revela que as mulheres negras sofrem mais com a pandemia”.

Câmara de Vereadores de Barreiras.

 

Reitoria

A Prof.ª Dra.Adriana Marmori assumiu a reitoria da UNEB em janeiro e estará na administração da universidade durante o quadriênio 2022-2025. “Na condição de uma mulher gestora e acompanhada na gestão por tantas outras mulheres, digo que precisamos reconhecer a realização de grandes projetos e grandes responsabilidades às mulheres, sobretudo neste insistente cenário de discriminação, de rendimentos ainda inferiores aos dos homens, mesmo com a escolaridade mais alta”, pontuou.

Os novos projetos já estão acontecendo, como o Programa Reitoria em Movimento lançado no campus de Barreiras, visando a aproximação da reitoria com a comunidade acadêmica e externa, para dar apoio às ações que oportunizam a descentralização da gestão universitária e a ampliação da autonomia político-administrativa dos departamentos da Universidade do Estado da Bahia.

“O plano piloto do Programa Reitoria em Movimento coincide com a convicção de que o caráter multicampi e multiterritorial é a melhor forma de darmos conta de atender às aspirações mais urgentes da população baiana”, concluiu a reitora Adriana Marmori.

Homenagens

Momento da homenagem da família.

Durante a sessão Adriana Marmori foi homenageada por seus familiares, representados pelo seu irmão Adilson Marmori, pelas vereadoras Carmélia da Mata, Doutora Graça Melo, Ivete Ricardi, Teteia Chaves e Silma Alves. O presidente Otoniel Teixeira agradeceu a presença da reitora na Tribuna Popular e a importância do protagonismo feminino nos espaços de poder. “Obrigado por aceitar nosso convite e está aqui compondo a Tribuna de Honra dessa Casa para falar sobre a sua gestão, sobre o projeto da universidade nesse mês especial que é da mulher. A sua participação engradece muito os trabalhos do Legislativo. Tê-la como reitora é motivo de grandeza para a educação da nossa cidade”, disse Otoniel Teixeira.

Histórico

Graduada em Pedagogia pela UNEB, fez especializações em Alfabetização pela UFBA e Informática Educativa pela Universidade Estadual de Feira de Santana – UESF. Concluiu o Mestrado em Educação pela UNEB e Doutorado em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. Além de professora assistente da UNEB, Adriana já exerceu o cargo de diretora do Departamento de Ciências Humanas no Campus XVI em Barreiras por dois mandatos e também acumula uma atuação marcante na Pró Reitoria de Extensão – PROIEX e foi eleita vice reitora em 2013. Em 2014 assumiu a chefia de gabinete da Secretaria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres, em 2018 foi reconduzida a Pro Reitoria de Extensão – PROIEX. Em janeiro deste ano, assumiu a reitoria da UNEB, marcando a história da instituição por ser a primeira mulher a ocupar o cargo.


Compartilhe:

Comentários: