Papa Francisco facilita processo para anulação de casamento

Francisco mudou o processo para a declaração de nulidade do casamento.
Alteração foi divulgada hoje por meio de dois documentos.

O Papa Francisco publicou, nesta terça-feira (8), a modificação dos procedimentos para a declaração de nulidade do casamento, ou seja, quando o matrimônio é considerado inválido desde o dia no qual foi celebrado.

Francisco simplificou o processo, que também passa a ser mais rápido agora. O procedimento para conseguir um decreto de nulidade é diferente da anulação do casamento, que pressupõe que o matrimônio é válido. O procedimento de anulação não existe na Igreja Católica.

No caso da nulidade, muitos casais se queixavam que as exigências da igreja desencorajavam mesmo aqueles com razões legítimas para fazer o procedimento. O trâmite passa, agora, a ser grátis para quem não tem condições de pagar as despesas do processo.

Para que a igreja dê o decreto é preciso comprovar que o casamento não foi válido e que alguns pré-requisitos não foram respeitados, como a livre vontade, a maturidade psicológica, e a disposição para ter filhos.

O anúncio do papa repercutiu mundo afora e fez muita gente se lembrar de um capítulo importante da história da Inglaterra. No século 16, foi justamente a recusa do papa Clemente VII de invalidar o casamento do rei Henrique VIII, que fez o monarca romper com a Igreja Católica e fundar a anglicana. Tamanha era a vontade de se separar.

Fonte: G1 / Jornal Hoje


Compartilhe:

Comentários: