Professora fala sobre benefícios que a dança proporciona

“A atividade faz bem para a saúde do corpo e da mente”, defende a professora de dança Tayla Lobake durante entrevista no Programa Encontro Marcado

 

Jayme Modesto entrevista professora de dança

Cheilla Gobi DRT 4871/BA

Os prazeres e benefícios da dança foram assuntos do Programa Encontro Marcado, na TV Câmara  gravado nesta quinta-feira (10/08). A professora Thayla Araújo Lobake, 24 anos esteve no estúdio para falar dos benefícios da dança e atributos de algumas modalidades.

Para Tayla, a arte de dançar vai além da expressão artística, podendo ser vista como um meio para adquirir conhecimentos, como opção de lazer, fonte de prazer, desenvolvimento da criatividade e importante forma de comunicação.

De acordo com Taylla, usar a dança como atividade física gera muitos benefícios cardiovasculares, mas também ajuda a melhorar o equilíbrio, a postura, a flexibilidade, coordenação motora, o controle de peso, além de reduzi a ansiedade e melhorar o humor.

“A dança proporciona benefícios para o corpo e a mente. O prazer e a alegria presentes no ato de dançar promovem uma sensação de bem estar que eleva a autoestima, aliviando tensões, reduzindo o estresse e a ansiedade, além de estimular a socialização. A dança não é apenas uma atividade física é um estilo de vida, uma de forma de você se encontrar. A dança é uma atividade aeróbica, mas não só isso, a dança traz um leque de benefícios”, garante a professora.

A entrevistada explica que qualquer pessoa pode praticar a atividade e com ela adquirir muitos dos benefícios. “A prática da dança trabalha o corpo de maneira geral, não só fatores físicos mais também cognitivos. No entanto é uma atividade que pode começar a ser praticada a partir dos dois ou três anos de idade, depende muito da habilidade tanto da criança como da pessoa idosa”.

Tayla assegura que a dança é uma das vertentes da Educação Física e como qualquer atividade esportiva começa com alongamento, passa para atividade de aquecimento, e em seguida a dança propriamente dita trabalhando principalmente a lateralidade e a coordenação motora.

Entre as inúmeras modalidades da dança, Tayla citou algumas como o hip hop, zumba, swing baiano, fit dance, cada uma com suas particularidades.

Segundo a entrevistada, cada modalidade propõe aulas com diferentes métodos para se trabalhar o corpo. “Cada dança tem seus benefícios de forma diferenciada. Tem os ritmos com intuito de perder peso, condicionamento cardiovascular, outras modalidades trabalham a postura a isometria muscular, outras trabalham o equilíbrio e a postura. Portanto cada vertente tem suas particularidades”, disse Taylla frisando ainda, que a dança não é uma coreografia e sim um movimento, uma expressão corporal.

Sobre a entrevistada

Tayla começou a dançar aos 15 anos de idade. Em sua primeira aula ela garante ter sido um encontro apaixonante, amor a primeira vista. “Comecei a dançar e com a dança, a minha vida mudou, hoje sou uma pessoa muito melhor”, revelou.

Licenciada em Educação Física; Pós-graduada em exercício físico, saúde e qualidade de vida; Bacharel em Direito; Graduanda em ballet clássico e proprietária de um Stúdio de dança em Barreiras, tayla atua como professora de educação física escolar, dança escolar; psicomotricidade, professora de ritmos/Jazz Dance e Ballet e é coreógrafa.

A dança – A dança alcançou uma importância fundamental no meio social, tanto é que em 29 de abril, comemora-se o dia internacional da dança, instituído pela UNESCO em homenagem ao criador do balé moderno, Jean-Georges Noverre.

 


Compartilhe:

Comentários: