Riacho do Meio festeja dia da consciência negra e o certificado de comunidade remanescente quilombola

 

A005 (11)

Descerramento da placa

Reinaldo Rolon

A comunidade de Riacho do Meio, interior do município de Buritirama, recebeu nesta sexta-feira (20), dia em que se comemora o “DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA”, as obras da Prefeitura, pelo reconhecimento oficial, outorgado pela Fundação Palmares (MinC), como comunidade remanescente de quilombolas, em uma festa que emocionou o grande público presente.

A mesa de abertura foi composta pelo prefeito Arival Viana, o representante da comunidade de Riacho do Meio, Juraci Rodrigues, o professor da comunidade  Claudio Barbosa, o diretor do Centro de Ensino de Curral Novo João Luís (Jota), o diretor do SAAE e ex-prefeito Oslindo Jacobina, os secretários municipais, além da vereadora Lizinha, que no ato representou o presidente da Câmara Legislativa.

As apresentações abrilhantaram o evento. A primeira, a leitura sobre a fundamentação do Dia da Consciência Negra, pela a aluna Lorena. O desfile beleza Negra, pelas alunas dos Centros de Ensino, Luís Eduardo Magalhães e Marilene Jacobina.

IMG_1198WEB

As apresentações abrilhantaram o evento

Alunas do Centro de Ensino Luís Eduardo Magalhães, apresentaram uma paródia da Música “Negro Sim”, além da arte visual, pintura em telha, apresentada por outros alunos da mesma escola.

Outros grupos, como “OS LA BAMBAS”, do Centro de Ensino Marilene Jacobina, o grupo de capoeira e o de dança “PÉROLA NEGRA”, do Centro de Ensino Luís Eduardo Magalhães, também mostraram sua dança, além das apresentações literárias e cênicas.

Também fizeram suas performances, os grupos de jovens usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Secretaria de Assistência Social (JOVEM CIDADÃO, GRUPO DE CAPOEIRA), muito aplaudido pelo público.

Os representantes da comunidade de Riacho do Meio, professor Claudino, sua filha Gracilei Barbosa (agente comunitária de saúde), na companhia de seus irmãos, e alunos locais, explanaram sobre a história da comunidade e o vínculo com o passado escravocrata de seus antecedentes, na mesma.

IMG_1293WEB

Apresentação de dança chamou a atenção do público presente

Em seu pronunciamento, o prefeito Arival Viana parabenizou e agradeceu a todos os presentes, em especial a todas as secretarias (Administração, Educação, Infraestrutura, Assistência Social e Saúde) e outros órgãos da Prefeitura (Ouvidoria, Departamento de Esportes, Lazer e Cultura), envolvidos na mobilização para a realização e organização do evento, neste dia tão especial, que simboliza o dia da consciência negra e lembrou ZUMBI DOS PALMARES, símbolo máximo da data.

Arival lembrou também da sua afinidade com a comunidade, que há trinta anos continua marchando unanimemente ao seu lado, sendo através das relações humanas históricas mantidas com a comunidade e do apoio político, que nunca faltou durante todos estes anos, principalmente da comunidade negra de Riacho do Meio, que chega perto da totalidade.

De acordo com o prefeito, a importância do reconhecimento da comunidade, pela Fundação Palmares, órgão oficial do Ministério da Cultura, implica no aumento da visibilidade em relação ao acesso às políticas públicas, aos benefícios que o reconhecimento leva às famílias quilombolas, dentre eles, como participar do Programa Minha Casa, Minha Vida, do Programa Brasil Quilombola e passando a ser habilitada para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar.

A020 (4)essa

A comemoração atraiu um grande público

“Que este momento importante nos leve à reflexão, que todos os dias, seja dia da CONSCIÊNCIA HUMANA, independente de cor negra, amarela, branca, parda e outras cores, neste momento emA040 (2) que o mundo vive momentos de tanta violência, injustiças, crises e intolerância”, disse o prefeito.

Ao final foi descerrada a placa que contêm o “CERTIFICADO DE AUTO DEFINIÇÃO” da comunidade de Riacho do Meio, fornecida pela Fundação Cultural Palmares (MinC), que certifica oficialmente como comunidade remanescente de quilombolas, fixada na entrada do monumento (coreto), símbolo público, construído pela Prefeitura.

Foi entregue também, pelo prefeito, a Escola Municipal da Comunidade, “Padre Marques”, totalmente reformada e ampliada, incluindo climatização nas salas de aula, sendo a única escola do município, de pequeno porte com atendimento exclusivo à comunidade, para a educação infantil, nas séries iniciais do ensino fundamental, inclusive com melhorias na qualidade do serviço de transporte escolar. Foi também realizado um grande sorteio de brindes, oferecido à comunidade.

Após a oficialização, a comunidade comemorou juntamente com o prefeito. Ao final, foi oferecido um delicioso jantar, à comitiva do prefeito e convidados, com muita galinha caipira, pirão, feijão tropeiro, carne assada, e diversos acompanhamentos típicos.


Compartilhe:

Comentários: