Barreiras é pioneira na implantação de sistema informatizado de acompanhamento aos usuários do SUS, na Bahia

  • Dircom

    Barreiras saiu na frente ao ser a primeira cidade na Bahia junto com outras dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, a implantar um sistema informatizado que acompanha o dia a dia das famílias atendidas pelas equipes de agentes comunitários de saúde. Durante reunião, nesta quarta-feira, 15, o prefeito Zito Barbosa, acompanhado da primeira dama, Marisete Bastos, do secretário de saúde, Anderson Vian, subsecretária Larissa Barbosa, da coordenadora da Atenção Básica, Mônica Valéria e equipe, conheceu o sistema de informatização online que permite acompanhar em tempo real todas as ações realizadas pelos 263 agentes comunitários de saúde.

    O funcionamento do sistema foi explicado por Danilo Bazotto, da empresa responsável pela criação e gerenciamento do produto. O programa consiste em um registro de dados dividido por categorias e informações detalhadas por meio de filtros por grupos de prioridades com o número de equipes, famílias, visitas realizadas por mês, além de especificidades relacionadas a cada área de cobertura. Os dados são coletados considerando grupos específicos como portadores de diabetes, gestantes, hipertensos, entre outros. Daí, são descarregados nos provedores que ficam nas sedes das unidades de saúde.

    “Trata-se de uma base de dados com informações detalhadas e atualizadas a partir das visitas realizadas pelos agentes comunitários de saúde. Com este sistema, será possível identificar, entre outras ações, os números de visitas por dia, por mês, e, consequentemente ter uma série histórica anual.  Nossa recomendação é que os agentes comunitários descarreguem diariamente os dados nas unidades de saúde que, por sua vez, poderão acompanhar a evolução dos trabalhos e enviar os relatórios, posteriormente, para o banco de dados do Ministério da Saúde”, explicou Danilo.

    Cabe aos coordenadores das unidades de saúde realizar o gerenciamento e alimentação do sistema, e para que tudo ocorra de forma eficiente, todas as dúvidas relacionadas ao funcionamento do banco de dados foram esclarecidas pela equipe técnica. Satisfeito com o sistema, o prefeito Zito Barbosa, após acompanhar as explanações operou o sistema a partir de um tablet.

    “O coordenador da unidade já conhece cada um dos seus agentes e com o apoio do sistema informatizado, possibilitará o acompanhamento em tempo real das atividades, otimizando a condução da oferta dos serviços à população. Tenho certeza que depois que todos os ajustes iniciais forem feitos, o resultado será um sucesso e nos dará informações importantíssimas para melhorarmos ainda mais a prestação dos serviços de saúde no município. É desta forma que estamos preparando Barreiras para o futuro, e para uma oferta de serviços de saúde cada vez mais humanizada”, destacou Zito Barbosa.

    O secretário de saúde reforçou o papel dos gestores no processo de alimentação do banco de dados. “Os gestores estão com uma grande responsabilidade, eles precisam, mais do que nunca, serem parceiros e estarem ao lado das suas equipes, ouvindo as dúvidas de cada agente, porque estes dados, após enviados ao Ministério da Saúde vão se refletir diretamente nos repasses de recursos realizados pelo Ministério para a saúde de Barreiras, portanto, precisam ser exatos, sem falhas”, afirmou Anderson Vian.

    A nova tecnologia está sendo utilizada pelos agentes comunitários de saúde há quatro meses, como importante aliada no atendimento realizado nas residências de Barreiras. Essa inovação é uma iniciativa da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, dentro do Programa Saúde Humanizada, que busca oferecer um atendimento com mais agilidade, traçando o perfil e as necessidades de cada usuário do SUS.

    Diferente dos sistemas tradicionais, além de integrar todas as informações necessárias com os Sistemas do Ministério da Saúde, a nova ferramenta foi personalizada de acordo com as características e necessidades específicas do município, fornecendo informações valiosas através do portal de indicadores para o monitoramento dos usuários.


    • Compartilhe:

    Comentários: