Barreiras: Secretaria de Saúde promove encontro com profissionais que trabalham na rotina do Tratamento Fora de Domicilio

  • Dircom

    Segundo as normativas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, o Tratamento Fora de Domicílio (TFD) consiste no fornecimento de benefícios quando o paciente necessita de atendimento médico especializado em média e alta complexidade em outros estados do país. Em Barreiras, nesse primeiro quadrimestre de 2019 foram atendidas cerca de 2.889 pessoas que receberam apoio no atendimento fora do domicilio com direito à passagens, acompanhamento e hospedagem, bem como o deslocamento através das ambulâncias municipais aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) para o tratamento em Salvador e outros estados.

    Primando pela qualidade do atendimento prestado aos pacientes que utilizam os serviços de transporte da Secretaria Municipal de Saúde, diariamente, os coordenadores de transporte Lucas Almeida e Ozéas Abreu, realizaram na de sexta-feira, (20), no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), um encontro com os condutores socorristas e os técnicos de enfermagem responsáveis pela condução dos pacientes, tendo como objetivo nortear ações dentro do Procedimento Operacional Padrão (POP).

    Os 35 profissionais tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o serviço de transporte ofertado pela Secretaria de Saúde como suporte, orientações técnicas, tirar dúvidas sobre a rotina de viagens e em como proceder em possíveis intercorrências. Segundo Ozéas Abreu, são realizadas por ano, cerca de 300 viagens para tratamento em outros estados.

    “Através da Secretaria de Saúde, a Coordenação de Transportes resolveu fazer esse encontro na perspectiva de padronizar o serviço prestado no município com atenção especial aos pacientes que fazem o tratamento fora do domicilio. Contamos com a participação também das assistentes sociais da atenção básica que contribuíram na explanação do procedimento operacional adotado pela Secretaria, fortalecendo dessa maneira, a saúde humanizada no município”, pontuou Ozéas.


    • Compartilhe:

    Comentários: