CRAS em Ação chega ao bairro Santa Luzia

  • Dircom

    Moradores do bairro Santa Luzia e adjacências usufruíram, nesta quinta-feira (9) dos serviços oferecidos pelo projeto CRAS em Ação, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho que prevê ações de cidadania nos diversos bairros de Barreiras e nas comunidades da zona rural. Sob o comando da equipe de profissionais do CRAS I, os atendimentos aconteceram nas dependências da Escola Municipal Santa Luzia e contaram com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde, da Defensoria Pública e da Academia de Cabeleireiros Ângelo Patrício, com cortes e escovação de cabelos.

    Divididos em seções, os serviços se revezaram em novos cadastros no Programa Criança Feliz que acompanha crianças de zero a três anos de idade cujas famílias recebem o Bolsa Família, e de zero a seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ainda, equipes realizaram cadastros e recadastramentos do CADÚnico, rodadas de conversas sobre o Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (18 de Maio), atendimentos odontológicos e médicos, e encaminhamentos para retirada gratuita de segunda via de documentos.

    E foi para retirar uma nova carteira de identidade que a dona de casa Paloma Bezerra aguardou o atendimento junto com outras mulheres do bairro Santa Luzia. “Minha identidade está com o nome de solteira, preciso fazer uma nova, essa ação facilita demais porque além de economizar com o pagamento do documento, agiliza o processo. Como precisamos chegar muito cedo para pegar fila no SAC, temos que pagar um carro particular para levar até lá porque o transporte público não passa tão cedo, assim, tudo já fica encaminhado, muito melhor”, disse.

    Outro serviço bastante procurado foi o da Defensoria Pública que ofereceu orientações e encaminhamento para questões envolvendo famílias como divórcios, investigação de paternidade e pensão alimentícia. “Essa parceria com o CRAS em Ação tem resultado em um bom número de atendimentos e resolução de casos pendentes. Por outro lado, é uma forma de aproximar a Defensoria Pública das pessoas. Quando a gente vem até elas, acaba proporcionando o acesso à justiça”, falou a defensora pública, Laís Sambüc.

    Para a secretária de Assistência Social e Trabalho, Karlúcia Macêdo, a avaliação dos eventos realizados até agora pelo CRAS em Ação é bastante satisfatória. “A proposta é descentralizar os serviços sociais oferecidos a população. Já estivemos com as equipes dos CRAS em diversos bairros de Barreiras e também em povoados da zona rural, e pela demanda reprimida que recebemos até agora é notório que precisamos continuar, esta é nossa proposta: atender 100% da população de nosso Município”, finalizou.


    • Compartilhe:

    Comentários: