Prefeitura de Barreiras realiza 100 cirurgias de Catarata em mutirão no Hospital Eurico Dutra

  • Dircom

    No último final de semana, a Prefeitura de Barreiras realizou o Primeiro Mutirão de Cirurgias de Catarata no Hospital Municipal Eurico Dutra, com recursos próprios do Município, através da Secretaria Municipal de Saúde, dentro do Programa Saúde Humanizada. O Mutirão foi considerado um sucesso pelo oftalmologista Samuel Reis, que contou com o apoio de uma equipe técnica de enfermagem, que atenderam na sexta-feira (7), sábado (8) e domingo (9), 100 pacientes que estavam na fila de espera.

    Foram atendidos dois grupos de pacientes por dia, que após a realização das cirurgias foram liberados para recuperação em suas residências. O próximo passo será as consultas pós-operatórias a serem realizadas já nessa semana para avaliar o progresso da cirurgia de catarata em cada paciente. “Os procedimentos tiveram êxito total, foram em torno de 15 profissionais envolvidos diretamente nesse primeiro mutirão. Às 17h desse domingo, finalizamos a última cirurgia, acreditamos que a sincronia entre a equipe médica e os pacientes foi fundamental para o sucesso”, avaliou Ana Paula Miranda, coordenadora de cirurgias eletivas de Barreiras.

    O Primeiro Mutirão Cirurgias de Catarata, teve como principal objetivo superar a demanda reprimida de pacientes que esperavam há anos na fila. A Catarata é uma das maiores causas de cegueira irreversível do mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), assim, o município de Barreiras já planeja para o início de 2019 realizar a cirurgias de catarata em pacientes que precisam operar o segundo olho.

    “Esse foi um momento histórico para a população de Barreiras, diante de uma demanda de mais de 1500 pacientes que chegaram a esperar por oito anos pela sua cirurgia e foram atendidos nestes dois anos de gestão, e, com esse mutirão e outras cirurgias que estarão sendo feitas até o final desse ano, teremos a demanda reprimida sanada. A determinação do perfeito Zito Barbosa e que assumíssemos a responsabilidade de custear esta ação com recursos próprios para que os pacientes pudessem ser atendidos com dignidade, respeito e mais humanização, requisitos que a gestão tem primado”, destacou o secretário municipal de saúde, Anderson Vian.


    • Compartilhe:

    Comentários: