NOTA OFICIAL

  • Ascom LEM

    A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, através da Secretaria Municipal de Educação, vem a público esclarecer que recebeu notificação do Ministério Público do Estado da Bahia, com questionamentos acerca da evasão escolar no município, sobre os quais, esclarece:

    a) O município de Luís Eduardo Magalhães não recebe recursos específicos para combate à evasão escolar;

    b) As estatísticas do ano letivo de 2017 apontam baixos índices de evasão escolar, apontando que dos 18.644 alunos matriculados, apenas 3,3% do total de estudantes evadiram da escola antes da conclusão do ano letivo, porcentagem esta, bem abaixo da média estadual e nacional;

    c) A análise dos dados indica que grande parte da evasão ocorre na educação de jovens e adultos (EJA), podendo ser justificada pela característica do município, de população flutuante;

    d) O ano letivo de 2018 contou com a abertura de 2.500 novas vagas na rede pública, ratificando o compromisso dessa gestão com os avanços na educação do município.

    Os dados relativos ao ano letivo de 2018 estão sendo compilados e os projetos e planejamentos político-pedagógico, formação de formadores, combate à evasão escolar, integração família-escola, pesquisa e extensão, entre outros, estão sendo concluídos ou já se encontram em execução. A educação em Luís Eduardo Magalhães é prioridade absoluta.

    Luís Eduardo Magalhães, 18 de janeiro de 2019.

    Professor Leandro dos Santos
    Secretário Municipal de Educação


    • Compartilhe:

    Comentários: